ENCONTRO Quercus ANIMA

Um fim-de-semana muito bem passado!

Realizou-se o Encontro Quercus ANIMA, na Casa Shanti (Igreja Nova – Mafra), de 21 a 23 de Setembro, e constituiu um momento importante de partilha, convívio, boa comida e aprendizagens.

Abaixo estão diversas fotos de cada oficina (cliquem na foto para verem mais)!

Oficina danças tradicionais
Começou da melhor maneira com uma divertida oficina de danças tradicionais, facilitada por Joana Alves. Puro divertimento estampado nos rostos dos participantes!
A manhã de sábado e domingo começaram com uma relaxante sessão de yoga.

A cozinha foi dos espaços mais frequentados em todo o encontro. 

Todas as refeições constituíram partes práticas da oficina de cozinha sustentável. Embora as receitas fossem simples, muitas tinham um toque “à chefe” que lhes dava um sabor ainda mais especial. Carolina Mantero (Casa Shanti) definiu muito bem o que é a cozinha: o coração de uma casa, onde nos curamos e prevenimos as doenças!

Outras oficinas práticas preencheram o programa: produção caseira de biodiesel, fornos solares, eco-construção, hortas em desenho de permacultura e construção de espiral de ervas aromáticas.

Ricardo Marques fez uma breve introdução ao conceito de permacultura antes de se construir a espiral das ervas aromáticas.
Os fornos solares deram o “ar da sua graça”.

Oficina de produção caseira de biodiesel facilitada por Artur Varges.
De todas as oficinas, a de eco-construção proporcionou momentos mais divertidos, em especial para a mais jovem participante, a Carolina Margarido.
Quanto ao alojamento, quem ficaria em tendas acabou por pernoitar na “mágica” casa na árvore.

O serão de sábado foi preenchido com o Quercus IGNITE, ou seja, pequenas conferências de 5 minutos de duração no máximo e voltou-se a dançar, pois foi grande o entusiasmo com esta actividade e houve ainda tempo para se ver um documentário “As Sete Irmãs” sobre o poder das petrolíferas e como o recurso “petróleo” gera conflitos e guerras sangrentas!

A avaliação não poderia ser mais positiva. Foi um encontro quase perfeito! A organização, a envolvente e condições da Casa Shanti, a simpatia dos anfitriões (Eduardo Buzaglo e Carolina Mantero), as aprendizagens, a partilha, o conhecimento mais íntimo dos participantes, a comida, a dança, mexer na terra, … para muitos superou as expectativas! De menos positivo foi a dificuldade de alguns participantes encontrarem a Casa Shanti, a falta de tempo para mais serenidade na cozinha e para tertúlia e debate. A melhorar para próximos eventos é a capacidade de entusiasmar mais pessoas a participar.

De referir ainda que uma das participantes aproveitou a oportunidade deste encontro para se associar à Quercus aquando da sua inscrição e os anfitriões da Casa Shanti tornaram-se sócios da Quercus! Foi a primeira vez que tiveram um contacto próximo com a associação e para além de se identificarem com a nossa causa, também se identificaram com o nosso comportamento, que se destacou do de outros grupos que têm acolhido no seu espaço, por exemplo não deixámos luzes acesas sem necessidade e até fomos poupadinhos no uso do papel higiénico!
Este foi sem dúvida um encontro em moldes nunca antes explorados pela Quercus e que os participantes desejam ver repetido.
A direcção nacional agradece a todos os participantes e em especial aos novos associados.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s